Kali Linux: Pendrive com Persistência e Criptografia

Olá!


O tutorial de hoje não lhe ensinará a colocar o Kali Linux no pendrive (Live USB) mas sim a usar o restante do espaço que sobra após deixar o pendrive em modo live com o Kali. Usaremos esse espaço criando uma partição persistente e criptografada. A palavra "persistente" neste caso significa que tudo o que você colocar no seu SO, enquanto em uma seção, será salvo e realmente preservado! Ou seja, você vai desplugar o seu pendrive e da próxima vez que usar ele em modo live tudo o que você salvou estará alí prontinho para você! Também mostraremos como fazer a segurança dessa partição criptografando-a! Então vamos lá!


No menu do Kali Linux existem duas opções referentes a persistência, como é mostrado na imagem:
 
Pendrive-Persistencia-Criptografia

Essas opções sugerem que o Kali abre margem para que os procedimentos listados no decorrer do tutorial venham a ter efeito sobre este SO - o Kali. E a opção que iremos usar ao final será a sergunda: Live USB Encrypted Persistence.


1º Passo (Criar partição com o que sobrou de espaço no pendrive).



Abra o gparted e selecione o seu pendrive com o Live USB do Kali previamente já criado e selecione a partição não alocada escolhendo criar uma nova partição como primária e com a opção de Sistema de Arquivos selecionando o tipo ext3. Usaremos como rótulo o nome persistent.

Pendrive-Persistencia-Criptografia

Clique em Adicionar e depois aplique as operações. Anote o nome da partição pois vai ser útil saber nos próximos passos. Em nosso caso ficou como /dev/sdi3 . Depois de anotar SAIA do Gparted.



2º Passo (Criptografar a nova partição).



Agora abriremos o terminal e digitaremos o comando:

     # cryptsetup --verbose --verify-passphrase luksFormat /dev/sdi3

onde /dev/sdi3 deve ser substituído pelo caminho da sua nova partição no pendrive.

cryptsetup -> programa usado para formatar e criptografar nossa partição!
luksFormat -> tipo da partição após formatada pelo programa cryptsetup.
Observação: Caso você não tenha o cryptsetup instalado em seu SO aparecerá no terminal tal informação e uma instrução mostrando o comando de instalação.

O programa irá perguntar se você tem certeza que quer formatar e pede que você digite YES (em maiúsculo) caso queira continuar positivamente com o processo de formatação. Digite YES para continuar! A seguir o programa pedirá que você crie uma senha para acessar a nova partição criptografada. Digite uma senha e a seguir confirme a mesma digitando-a novamente! A mensagem "Command successful" ou "Comando excutado com sucesso" aparecerá caso tudo ocorra bem. É importante entender que no Gparted criamos uma partição do tipo ext3 e que após o processo de formatção com o cryptsetup essa partição foi modificada e agora é do tipo luksFormat.

Agora vamos abrir esta partição:

     # cryptsetup luksOpen /dev/sdi3 persistent

Com esse comando abriremos essa partição criptografada e daremos o nome de persistent. O programa pedirá a senha previamente criada para /dev/sdi3. Agora vamos reformatar novamente a partição para ext3. Só que desta vez será uma partição persistente criptografada do tipo ext3:

     # mkfs.ext3 -L persistence /dev/mapper/persistent

O nome agora da partição será persistence. Fim do 2º passo!!!


3º Passo (Finalização).



Vamos criar um diretório onde montaremos a partição:

     # mkdir /mnt/my_usb

Agora montaremos a partição:

     # mount /dev/mapper/persistent /mnt/my_usb
Dentro do diretório /mnt/my_usb criaremos um documento chamado persistence.conf:

     # nano persistence.conf

Dentro colocaremos a seguinte string:

/ union

Note que há um espaço após a barra. Salve o arquivo com Ctrl + o e pressione Enter. Saia com Ctrl + x e pressione Enter.

Pronto! Seu Live USB do Kali Linux agora é persistente e criptografado e ao bootar basta escolher a opção Live USB Encrypted Persistence, esperar carregar o modo texto até o ponto de inserção da senha que será digitada ainda em modo texto. Após digitar você estará logado e pronto pra atualizar e salvar tudo o que desejar em seu Live Kali!

Então é isso! Não esqueça de adicionar o site aos seus favoritos, compartilhar a matéria e nos seguir nas redes sociais!

Até a próxima!

Comentários :

Postar um comentário