Kali Linux: Pendrive com Persistência e Criptografia - LINUX PENTEST

Breaking

LINUX PENTEST

Linux, Pentest , Segurança da informação , T.I e muito mais

Curta ou compartilhe esse site

02 março 2018

Kali Linux: Pendrive com Persistência e Criptografia

Olá!


O tutorial de hoje não lhe ensinará a colocar o Kali Linux no pendrive (Live USB) mas sim a usar o restante do espaço que sobra após deixar o pendrive em modo live com o Kali. Usaremos esse espaço criando uma partição persistente e criptografada. A palavra "persistente" neste caso significa que tudo o que você colocar no seu SO, enquanto em uma seção, será salvo e realmente preservado! Ou seja, você vai desplugar o seu pendrive e da próxima vez que usar ele em modo live tudo o que você salvou estará alí prontinho para você! Também mostraremos como fazer a segurança dessa partição criptografando-a! Então vamos lá!


No menu do Kali Linux existem duas opções referentes a persistência, como é mostrado na imagem:
 
Pendrive-Persistencia-Criptografia

Essas opções sugerem que o Kali abre margem para que os procedimentos listados no decorrer do tutorial venham a ter efeito sobre este SO - o Kali. E a opção que iremos usar ao final será a sergunda: Live USB Encrypted Persistence.


1º Passo (Criar partição com o que sobrou de espaço no pendrive).



Abra o gparted e selecione o seu pendrive com o Live USB do Kali previamente já criado e selecione a partição não alocada escolhendo criar uma nova partição como primária e com a opção de Sistema de Arquivos selecionando o tipo ext3. Usaremos como rótulo o nome persistent.

Pendrive-Persistencia-Criptografia

Clique em Adicionar e depois aplique as operações. Anote o nome da partição pois vai ser útil saber nos próximos passos. Em nosso caso ficou como /dev/sdi3 . Depois de anotar SAIA do Gparted.



2º Passo (Criptografar a nova partição).



Agora abriremos o terminal e digitaremos o comando:

     # cryptsetup --verbose --verify-passphrase luksFormat /dev/sdi3

onde /dev/sdi3 deve ser substituído pelo caminho da sua nova partição no pendrive.

cryptsetup -> programa usado para formatar e criptografar nossa partição!
luksFormat -> tipo da partição após formatada pelo programa cryptsetup.
Observação: Caso você não tenha o cryptsetup instalado em seu SO aparecerá no terminal tal informação e uma instrução mostrando o comando de instalação.

O programa irá perguntar se você tem certeza que quer formatar e pede que você digite YES (em maiúsculo) caso queira continuar positivamente com o processo de formatação. Digite YES para continuar! A seguir o programa pedirá que você crie uma senha para acessar a nova partição criptografada. Digite uma senha e a seguir confirme a mesma digitando-a novamente! A mensagem "Command successful" ou "Comando excutado com sucesso" aparecerá caso tudo ocorra bem. É importante entender que no Gparted criamos uma partição do tipo ext3 e que após o processo de formatção com o cryptsetup essa partição foi modificada e agora é do tipo luksFormat.

Agora vamos abrir esta partição:

     # cryptsetup luksOpen /dev/sdi3 persistent

Com esse comando abriremos essa partição criptografada e daremos o nome de persistent. O programa pedirá a senha previamente criada para /dev/sdi3. Agora vamos reformatar novamente a partição para ext3. Só que desta vez será uma partição persistente criptografada do tipo ext3:

     # mkfs.ext3 -L persistence /dev/mapper/persistent

O nome agora da partição será persistence. Fim do 2º passo!!!


3º Passo (Finalização).



Vamos criar um diretório onde montaremos a partição:

     # mkdir /mnt/my_usb

Agora montaremos a partição:

     # mount /dev/mapper/persistent /mnt/my_usb
Dentro do diretório /mnt/my_usb criaremos um documento chamado persistence.conf:

     # nano persistence.conf

Dentro colocaremos a seguinte string:

/ union

Note que há um espaço após a barra. Salve o arquivo com Ctrl + o e pressione Enter. Saia com Ctrl + x e pressione Enter.

Pronto! Seu Live USB do Kali Linux agora é persistente e criptografado e ao bootar basta escolher a opção Live USB Encrypted Persistence, esperar carregar o modo texto até o ponto de inserção da senha que será digitada ainda em modo texto. Após digitar você estará logado e pronto pra atualizar e salvar tudo o que desejar em seu Live Kali!

Então é isso! Não esqueça de adicionar o site aos seus favoritos, compartilhar a matéria e nos seguir nas redes sociais!

Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Linux Pentest

O criado Linux Pentest foi criado para reunir informações sobre a área de hacking, que tem crescido grandemente nos últimos anos, devido a diversos ataques cibernéticos e a crescente área da tecnologia.

Despertando interesse em diversas pessoas como estudante da área de tecnologia da informação, programadores, design, todos estão interessados em fazer parte da elite do conhecimento que são os hackers.

Não se pode falar em hackers, em técnicas de hacking, como descobrir senhas de wifi, como hackear, sem falar em linux, por isso agrupamos também em nosso site tutoriais, dicas, manuais e muito mais sobre as distribuições Linux, seja Bem Vindo ao Linux Pentest. Volte sempre.